terça-feira, março 03, 2009

ESTA NOITE....

Depois de uma semana com frases entreouvidas por aí, postarei assim como ontem, mais um poema. Ainda estou com o tempo escasso para algo crítico, mas brevemente postarei. Espero que gostem!!!

Esta noite
gostaria de afastar de mim
a pedra da dúvida.
Dançar na espiral da procura,
e encontrar(-me) (n)uma resposta.
E ainda que a alma me doa,
enfeitá-la com flores amarelas.
E entre os olhos do tempo adormecer.
Adormecer.
A... dor... me... ser... (levado)

4 Comenta aí po!:

Ayres. disse...

Gostei do jogo que fez com as palavras, bem legal.
=]

disse...

Como sempre, ameiiiiiiiiii!!!! Fanstático o jogo de palavras!!!

Larissa disse...

Quando li está postagem em meio a um momento complicado de minha vida,confesso que pensei nas dores imaginarias que muitos de nós seres humanos vivemos.Em poucos minutos me veio de relance poemas e citaçoes que falam de dor,mas diante do belo jogo das palavras a dor deve ser o pressuposte da arte de ser feliz.
Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue...

Fernando Pessoa

Fabiano Barreto disse...

Muito bom, amizade!