terça-feira, abril 21, 2009

"Há pessoas que nos roubam...
há pessoas que nos devolvem."

Ao ler essa frase ele ficou parado observando se tinha algo mais. Perturbado e incosolável foi até o seu lugar de refúgio, o qual estava afastado há muito tempo, deu as costas para o mundo e contemplava o mundo. Questionava-se na presença da natureza que o rodeava com gritante beleza.

Era uma frase que falava de relações, de amizade, de conquista, de amor, de ser...
Assim como as expressões do seu rosto, a pedra ainda encontrava-se fria do sereno, o rosto sereno, mas os sol trataria de aquecer ambas as faces.

Seus pensamentos por um beijo! Alguém diria. E com o rosto não tão mais gélido, responderia a si próprio; questionando-se.
"Dos relacionamentos que você já teve, quais foram as ocasiões em que verdadeiramente você foi modificado?" - silêncio....

"Será que você é a lembrança doida na vida de alguém? Será que já construiu cativeiros? Ou será que já viveu em algum?" - Lábios ainda sem expressão.

Ele continuava: "Será que você já idealizou demais as situações, as pessoas e por isso perdeu a oportunidade de encontrar as situações e as pessoas certas?"

Pra que se perguntar essas coisas - ele se diz.

"Não sei! Mas sejam quais forem as respostas, não tenho medo delas. Perguntar-se é uma maneira interessante de se descobrir como pessoa, pois as perguntas são pontes que nos favorecem travessias."

E em cima da pedra de fronte ao horizonte, Ele se responde:
"Alguém me roubou de mim
Alguém que eu não sei dizer
Alguém me levou daqui.
Alguém,... esse nome estranho.
Alguém que não vi chegar
Alguém que não vi partir
Alguém, que se alguém encontrar,
Recomende que me devolva a mim."

13 Comenta aí po!:

disse...

... ÁSTICOOOOOOOO!!! rsrs Amei o texto, mais o final é ...ÁSTICOOOOOO!! Não tem outro adjetivo!!!

Ayres. disse...

Coisas quea gente pensae e nã sabe bem com transcrever...gostei muito!

Amanda disse...

Muito interessante. Muito, mesmo.
bj

Fabiano Barreto disse...

Absolutamente ypsilones!

Fabrício Sales disse...

Agradeço a todos pelo carinho desse post. Também achei que ficou muito bom, acredito ser o melhor que eu já consegui escrever aqui no blog.

Tenho voltado nele constantemente.
Acredito até que se parace de postar essa seria uma msg de despedida, mas não é.

Ainda quero fazer melhores rsrsrs!
Obrigado!!!

Myllena disse...

está as moscas ? beijos

Fabrício Sales disse...

não esta as moscas não Myllena, é falta-me tempo para escrever o q realmente quero. Mas pode deixar que virá coisa boa.

Myllena disse...

Myllena ? uhum... sei. ahoeiahoeoi
Beijos para você, FABRICIO.
;P
[ahoeiahoeiii]

Fabrício Sales disse...

Ah sim, desculpe-me eu quis dizer Mynha Flor... rsrsrsrs
Bjs pra vc tb My...

Rutinha disse...

amei...

Poderia dizer que me vi sentada da mesma maneira me fazendo as mesmas perguntas...

sentimentos que não se consegue ao certo explicar!!

entaum uma única palavra:AMEI!

Fabrício Sales disse...

Pois é minha princesinha há sentimentos que não conseguimos explicar com as palavras,...
T amo sempre e saudades!!!

Anônimo disse...

Acho desagradável um autor criar um texto e alguém utilizar como se fosse de própria autoria.
Já que vai ser um historiador, seja ético! Cite o nome de quem escreveu essas palavras que você furtou...

Anônimo disse...

PODEM PROCURAR: Livro: Quem me roubou de mim? Autor: Padre Fábio de Melo.