quarta-feira, dezembro 24, 2008

Natal, Natal, Natal

É... Vem chegando o natal e diferente dos meus revoltosos amigos, com a figura sigular do papai Noel, não irei desejar nenhum tipo de violência contra o oríficio externo do reto do bom velhinho. Vou deixa-lo em paz. Até mesmo porque ele não é a figura central dessa efeméride.
No entanto quero desejar a todos muita paz, saúde, felicidade,carinho, amor, etc.
Gostaria que os gestos de benevolência não fossem realizados apenas no que chamamos de "A festa cristã", mas sim, lembradas durante os 365 dias do ano.

Que todos se desfaçam das armas do egoísmo, inveja, maldade... e revistam-se do amor ao próximo traduzido na generosidade humana.

Que Jesus venha ser lembrado sempre, e que o mesmo venha nascer todos os dias em nossos corações nos possibilitando, ao invéz de trocarmos presentes, trocar amor para com todos aqueles que estão ao nosso redor.

Que o dia 25 de dezembro, não seja mais uma de tantas efemérides comemorada ao longo do ano e dos anos, mas que venha ser comemorado como o nosso novo nascimento no Filho de Deus, que segundo Fernando Sabino, se aventurou temerariamente através dos espaços, feito homem, com a missão de redimir a nossa pobre humanidade.
Também "faço votos que tenha valido a pena e que um dia ela se veja redimida"

Um enorme beijo a todos e Feliz Natal!!!

4 Comenta aí po!:

Fabiano Barreto disse...

Vc me imitou, só que foi educado.

Quanta polidez pra tratar do fiofó do veinho! :):):):):):)

Belíssimo texto.

Feliz Natal e que Deus abençoe a vc e a todos os seus!

Fabrício Sales disse...

Vc me serviu de inspiração Fabiano. kkkkk

Guilherme disse...

Vc foi muito educado com quem não mereçe uhauhauhauhauhauh

Gêiser Nobio disse...

Olá, Fab!

Visite: www.supravidasecular.com

Parabéns pelo blog, cara!!!

Ass.: G.N.