segunda-feira, dezembro 29, 2008

Dos males o menor

As vezes fico perplexo com a minha calma.
Ainda nesse fim de semana, como se não bastasse alguns percalços do ano com meu carro (que não é meu), no sábado o coitado sofreu mais um duro golpe. Após terem quebrado a sua lanterna e amassado levemente próximo a mesma, a última novidade foi o roubo do seu rádio, esse sim era meu!

Fiquei tranquilo com a boa fé do sujeito que o furtou, afinal de contas, não é todo dia que alguém entra no seu meio de transporte pessoal, estacionado em um mercado grande ou pequeno que seja, pega seu rádio, mexe no pacote transparente de dinheiro (R$ 300,00) e não o leva pra gastar com sabe-se lá com o que. Podem acreditar, mexeu, mas não levou.

Como sou uma pessoa, não digo religiosa, mas acredito na intervenção Divina sempre, de fato foi a mão de Deus que moveu o coração do patife, afinal o pecúlio que no porta luvas (sem porta, deixo claro), estava e lá ficou, era para comprar comestíveis e bebestíveis para a festa de virada de ano da igreja.

O pior agora será esperar os vinte dias até que os digníssimos funcionários da empresa M&M PARK, administradora de segurança do estacionamento Carrefour, voltem aos seus trabalhos, para então periciarem o meu carro, que repito, não é meu.

Enfim dos males, o menor! Não levaram o dinheiro que também não era meu, o que me fez manter a calma, mas por pouco muito pouco não tive um dia de fúria!

Feliz ano novo, ops ainda não, é feliz rádio novo pro carro!!!

4 Comenta aí po!:

Guilherme disse...

"Como sou uma pessoa, não digo religiosa, mas acredito na intervenção Divina sempre"

oi ?
Tudo Bem ???

Fabrício Sales disse...

É intencional!!!
rsrsrs

Fabiano Barreto disse...

O meliante é gente boa, mesmo!!

Convida ele pra tomar um suquinho de luz!! Será por minha conta. (rsrsrsrsrsrsrrs)

Abração!!!

Amanda disse...

Não convida não. Aqui em casa ele não entra! Com ou sem levar os R$300,00.
Fica em paz.