sábado, março 13, 2010

Sonhos, casamentos e mãos dadas.

Não sei porque, mas tive vontade de desabafar algo por aqui hoje.

Todos nós temos sonhos, não é verdade? Alguns sonham coisas incriveis, outros coisas pequenas, mas são sonhos e não podemos desmerecê-los.
Eu tenho apenas dois, acredito eu... que é me casar e ter filhos, o restante são metas a serem alcançadas.
Hoje eu serei padrinho do casamento de um amigo, por sinal agora, eu serei o último do grupo solteiro, os outros todos estão casados.

E ainda hoje fui buscar o meu carro na oficina, e de tantos ônibus que eu poderia ter pego, entrei logo em um que encontri duas colegas do ginásio. A surpresa foi agradável, mas logo vem aquela fatidica pergunta...
__ E aí já casou!
A resposta foi: __ um "ainda não, mas logo estarei!"

Ao descer do ônibus demos um "Até breve!" E um "muito bom revêr-nos."
Depois disso fiquei pensando tantas coisas, até mesmo no Drummond em seu poema "Mãos dadas"
Pensei também na Mynha Flor, sim tenho uma flor que me escuta sempre e me dá ótimos conselhos, lembrei que há uma semana haviamos conversado sobre isso, e da vontade que tenho de ter uma casa, com a minha esposa, e poder acordá-la com um beijo e dizer-lhe um gostoso bom dia, servi-lhe café na cama as vezes e poder preparar-lhe algo para deliciar-mos juntos.
Poder contemplar seu sorriso ao amanhecer e seu brilho dos seus olhos refletidos no mar a luz do luar.... são sonhos, não são ilusões.
Nem sei se percebem, mas meus olhos enchem-se de lágrimas ao pensar em tais coisas....

Meus amigos casaram-se praticamente com a primeira namorada, ou namorado no caso das meninas... eu não, preferi seguir outro rumo, mas não fui e nem sou um cara sacana, sempre quis pensei até que também casaria com a primeira namorada, mas não!
Não sei se o problema está comigo, minhas relações foram efêmeras, mas porque? Sempre procuro ser generoso, procuro sempre dar flores (orquídeas, pois são minhas preferidas), chocolates, e procuro eternizar os momentos em versos, vencer obstáculos juntos, mas acho que isso não esta sendo o suficiente.

A última que pensei foi em deixar o Divino tirar mais uma costela, quem sabe assim eu não chegue ao meu sonho... rsrs, não isso é bobeira!

Como diria o mestre Drummond, "Estou preso à vida e olho meus companheiros, estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças."

Enquanto o sonho não se torna realidade "não fugirei para ilhas"... aguardarei com paciência, darei tempo ao precioso tempo, afinal esta "é a minha matéria, o tempo presente,...a vida presente.

E também "não serei o cantor de uma mulher", mas da mulher, contarei sim histórias, e por que não dar suspiros ao anoitecer, a paisagem vista na janela?

Caminharei só até encontrar quem possa ir de mãos dadas.


4 Comenta aí po!:

Anônimo disse...

O sonho so se faz impossivel qdo nao somos capazes de SONHAR!!!

Anônimo disse...

O sonho so se faz impossivel qdo nao somos capazes de SONHAR!!!

Fabrício Sales disse...

Sim meu caro anônimo. Concordo, por isso eu sei que não e impossível. Como eu disse, é uma questã de tempo. rsrsrs
Grande abraço!!!

Simone disse...

Fofíssimo do meu coração!
Estarei sempre torcendo por sua felicidade! Conte comigo e acredite nos meus palpites! Rs

Bjooooooooo!